22 jan 2021

Resenha – Divertida Mente.

Salut mes amours. ✨

Quando ouvimos falar de Divertida Mente , pelo menos eu sempre escuto elogios, um filme leve e divertido porém com lições de vida profundas e adultas, eu vou ser sincera, vim aqui deixar mais elogios a esse longa animado, afinal , o filme trata de um assunto muito importante , como lidamos com nossos sentimentos , como eles funcionam dentro da gente e como é importante entendermos o que estamos sentindo.

•––––––★––––––•
Título Original: Inside Out. Dirigido: Pete Docter.
Studio: Disney Pixar. Gênero: Aventura, Comédia, Família, Drama, Animação.
Ano de Estreia: 2015. Quando Assisti: 08/01/2020.
País de Origem: Estados Unidos Da América. Nota no IMDB: 8,1.
•––––––★––––––•

Em Divertidamente encontramos a garotinha Riley vivendo uma vida extremamente confortável com seus pais em Minessota , até que de repente eles se mudam para São Francisco, acompanhamos então os sentimentos da garota enquanto essa mudança brusca de vida acontece.

Somos apresentados então aos personagens Felicidade, Tristeza, Medo, Raiva e Nojinho, os cinco são a base de Riley e suas emoções regendo tudo o que a garota sente e pensa sobre tudo ao seu redor.

Assistindo divertidamente percebi o quão é importante como a Tristeza lida com as coisas, em um fato que acontece com o amigo imaginário de Riley, Bing Bong , Felicidade pergunta para Tristeza como ela fez para fazer com que Bing Bong se sentisse melhor e Tristeza simplesmente fala ‘ sei lá , ele começou a falar e eu escutei.’ Isso me fez perceber como é importante, em meio ao caos que as vezes estamos passando, pararmos para escutar o que realmente estamos pensando, sentindo e quem sabe assim, conseguirmos aliviar nossa tristeza. E isso é muito interessante, pois não serve só para nós mesmo, mas também serve e muito para como lidar com os sentimentos das outras pessoas. Afinal na minha opinião, a chave de tudo é saber escutar.

Aprendemos com o filme, como é importante sair da nossa zona de conforto sentimental, aprendemos que, tudo bem se sentirmos coisas misturadas, como raiva e alegria ao mesmo tempo.

Percebemos que não é uma tarefa fácil, passar por uma transição emocional, quando nossa cabeça e nossos sentimentos saem de sua zona de conforto, nos sentimos extremamente estranhos, como se não tivéssemos em nosso próprio corpo, às vezes, até entender melhor essa fase de transição, sentimos apatia, raiva, medo, tristeza e coisas que mostram muito bem no filme.

Uma coisa que não fala no filme , mas eu acho extremamente importante falar aqui, é que as vezes algumas pessoas não conseguem passar por essa fase sozinha , as vezes as pessoas precisam de ajuda e nada melhor do que procurar um Psicólogo para isso , entender nossos sentimentos é algo extremamente difícil , uma jornada de autoconhecimento muito complexa, então se você está passando por algo semelhante e não está conseguindo lidar com isso sozinho , procure ajuda , o caminho do autoconhecimento pode ser difícil e doloroso , mas a auto compreensão é maravilhosa.

Concluímos com o filme, que quando passamos por uma fase de mudança , seja essa mudança qual for , precisamos primeiro ter a famosa paciência e compreensão com nós mesmo , para aceitar que essa fase de desconforto vai passar, aprendemos que diálogo é algo extremamente importante, e que está tudo bem se sentimos várias coisas juntas, o que importa é que com o tempo , precisando de terapia ou não , aprendemos a entender melhor nós mesmo e nossos sentimentos é simplesmente encantador e maravilhoso , pois somos o maior bem na nossa vida e na vida de pessoas que nos amam.

14 Comentários

  • Eu amo esse filme, e é muito legal entender que os sentimentos não são exclusivamente um só, aprender que pode-se sentir tudo junto é muito bom! Adorei a Resenha!

    • Fico feliz que tenha gostado da resenha e realmente entender que os sentimentos não são exclusivos de feliz ou triste é muito bom, afinal somos uma mistura de tudo e isso é muito legal isso é o que nos torna seres humanos.

  • Oie, Isa!
    Eu sou apaixonada por essa animação. Na verdade, só a Disney/Pixar mesmo pra fazer a gente chorar horrores por um personagem que chama Bing Bong! Hahahahaha
    Concordo muito com o que vc disse sobre as mudanças e transições, inclusive eu acho q toda aquela confusão se deu pela transição da Riley da infância para a adolescência. A confusão de sentimentos, mudanças de percepções e prioridades. Ela estava crescendo e consequentemente o seu mundo tbm, exigindo mais conexões.
    Que bom q vc trouxe esse filme pra cá, ele precisa mesmo ser enaltecido sempre!
    Bjos

    • Sim ! Só a Disney Pixar pra fazer a gente chorar com o personagem chamado Bing Bong , é uma cena e tanto né , eu também sempre fico emocionada. Concordo com você ela estava crescendo e precisava de mais conexões os sentimentos básicos não estavam dando conta , eles precisam se misturar e renovar , adorei suas observações! E fico feliz que tenha gostado hihihi

  • eu sou suspeita pra falar desse filme porque eu amo ele, meu lado psicóloga grita loucamente toda vez que vejo e inclusive preciso rever kk. eu adoro como ele toca que assisti e como traz de forma tão didática e simples a importância de darmos vez a cada emoção que temos.

    • Acho que você falou tudo “a importância de darmos vez a cada emoção que temos” isso realmente é bem mostrado no filme , com certeza é um filme muito legal de se assistir principalmente pra quem é da área da psicologia hahaha

  • Eu sou psicóloga, e todo mundo sempre me recomendou assistir, como trabalhar com esse filme.
    Acredita que ainda não consegui? Isso que sou mãe. Vou tentar me concentrar e ver, bem atentamente, e tentar pescar muitas lições. Tomara que meus meninos gostem também.
    Beijão

    • Tomara que seus meninos gostem e que você consiga assistir porque sendo psicóloga vai com certeza tirar mais lições do filme do que eu consegui tirar , é um filme simplesmente incrível para ser estudado tanto esse como o Soul.

  • Esse filme parece ser bem divertido, nossa, faz muito tempo que não assisto filmes, pois estou preso nos livros, mas assim que aparecer a oportunidade, farei, ele já está na minha lista.

    • Acho que esse negócio de assistirmos filmes e ler livros é sempre uma fase né , hora fazemos mais um hora outro , mas fico feliz que você tenha sentido vontade de assistir esse , com certeza vale muito a pena.

  • esse filme que parece ser apenas fofinho e pra crianças, mas que se trata de uma animação repleta de significados. Eu amo esse filme. Não canso de indicar a todo mundo rs
    que bela postagem aqui no blog. <3
    interessante a questão que você levantou sobre a importância de se procurar ajuda, caso necessário.
    tbm penso da mesma forma.

    Tschuss

    • Sim realmente é um filme fofinho para crianças , porém cheio de significados né ! Fico feliz que tenha gostado das questões que levantei e que pense da mesma forma hihihi

  • Concordo que seja um longa animado que aborda questões importantes. Além de ser leve e divertido. Gosto por trazer lições de vida profundas e até adultas sim, então adorei que você elogiou ainda mais. Acredito que o filme mereça todos os elogios, certo? Sem dúvida, é um daqueles filmes que a gente aprende muito quando está assistindo. E se levar as lições pra fora da telinha, é ainda melhor.

    • Sim com certeza o filme merece todos os elogios ,eu mesmo já havia assistido mais de uma vez e sempre parando para refletir sabe? Nunca imaginei que poderia tirar tanto de uma animação mas DivertidaMente e Soul nos ensinam demais! E sim o importante também é levar as lições para fora da telinha!


Siga no instagram @leportraitdeisa